LEMBRAMOS ÀS/AOS DISCENTES E DOCENTES DO PPHIST QUE, CONFORME DETERMINAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR, AS ATIVIDADES PRESENCIAIS (INCLUSIVE DE SECRETARIA) ENCONTRAM-SE SUSPENSAS.

PARA QUALQUER DÚVIDA, POR FAVOR, ESCREVER PARA O E-MAIL: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Defesa de Tese de Doutorado

João Antônio Fonseca Lacerda Lima

“Deseja servir a Deus e este Santo Tribunal”: Comissários, Notários e Familiares do Santo Ofício no Estado do Grão-Pará e Maranhão (c. 1731-1805)

Dia 23 de junho de 2020, às 14:00

Videoconferência - Google Meet

 

Link para participação: meet.google.com/kqk-pdpu-gyg

 

Banca

Antonio Otaviano Vieira Junior (UFPA) - Orientador

João dos Santos Ramalho Cosme (UL) - Membro externo

Marília Cunha Imbiriba dos Santos (CEEP-FEAPA) - Membro externo

Yllan de Mattos Oliveira (UFRRJ) - Membro externo

Fernando Arthur Freitas Neves (UFPA) - Membro interno

 

A sessão é pública e aberta à participação de todas e todos. Pedimos às/aos que queiram participar, que solicitem a entrada na sessão de defesa com MICROFONE E A CÂMERA DESLIGADOS e assim permaneçam até o fim da sessão.

 

 

 

 

Prêmio CAPES de Tese 2020

 

Os docentes José Alves de Souza Junior, Karl Heinz Arenz e Franciane Gama Lacerda compuseram a Comissão Interna do PPHIST que selecionou a tese que representará o programa para concorrer ao Prêmio CAPES de Tese 2020. Foram examinadas as quatorze teses de doutorado defendidas no programa em 2019. Após avaliação, foi escolhida, para representar o PPHIST, a tese de Wania Alexadrino Viana, intitulada Gente de guerra, fronteira e sertão: índios e soldados na Capitania do Pará (primeira metade do século XVIII).

 

 

 

ATENÇÃO!!

Conforme decisão da administração superior da UFPA, as atividades acadêmicas e administrativas estão suspensas até o dia 12 de abril

Até essa data, as demandas de serviços da secretaria devem ser encaminhadas via e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

As matrículas para o Calendário 2020-1 iniciam dia 01 de março, os alunos aprovados na Seleção 2020 turmas Mestrado e Doutorado deverão realizar sua matrícula via SIGAA/UFPA até dia 13 de Março em tópico especial somente, as demais obrigatórias, Teoria e metodologia da história, seminário de linhas de pesquisa e de orientação, serão realizadas automaticamente.

As aulas inciam em 17 de março de 2020, e ocorrerão no Laboratório de história, exceto linhas de pequisa que serão ministradas no prédio novo do IFCH (frente do CIAC).

Demais interessados poderão participar na condição de Aluno Especial apenas nos "Tópicos Especiais", devendo entregar na secretaria do PPHIST o Requerimento de Matrícula como Aluno Especial devidamente preenchido no período de 02 a 06 de março das 9:30 às 11:30 da manhã.

 

Segue abaixo as ementas/programas dos Tópicos Especiais.

Sociobiodiversidade, Trabalhos e Trabalhadores/as na Amazônia: reflexões

Profa. Dra. Leila Mourão Miranda - Terça-feira à Tarde das 14 às 18 horas

A disciplina tem como finalidade discutir os problemas metodológicos relacionados à elaboração da narrativa em história no campo da história social do trabalho e dos/as trabalhadores/as na Amazônia mediadas pela instituicao judicial das relacoes de poder, contrlole e resistencia . Abordará a produção historiográfica que tem sido adotada como matriz interpretativa, orientadoras das narrativas sobre o tema trabalho na interpretação da história da Amazônia brasileira, em especial relacionada aos os processos produtivos e as relações de produção realizadas na apropriação e transformação da biodiversidade. Objetiva discutir os problemas de pesquisa enfrentados pelo historiador e suas vinculações teóricas com as correntes metodológicas da contemporaneidade, relacionados aos diferentes aspectos que compõem o mundo do trabalho e suas representações, na perspectiva da História Socioeconômica do Trabalho. Arbordara os aspectos técnicos, o marco físico em que o trabalho se desenvolve, os protagonistas e perspectivas identitarias: trabalhadores/as, proprietarios/as e capitalistas, assim como as ações e relações divergentes estabelecidas para modificar as estruturas e relações de trabalho, para obter o maior rendimento ou melhores condições de trabalho. Privilegiará, ainda, a relação entre o historiador e as fontes históricas: a revolução documental, o arquivo e o estatuto do testemunho histórico, bem como a crítica ao documento/monumento e a produção do conhecimento histórico.

 

Gênero, História e a narrativa da Nação e da população na Amazônia

Profa. Dra. Cristina Donza Cancela - Quarta-Feira à Tarde, das 14 às 18 horas

Gênero: conceito e trajetória de estudo na historiografia; Gênero e interseccionalidades; Raça/etnicidade, gênero e feminismos; feminismos, sexualidades e decolonialismo; Masculinidades, nação e corpo; gênero, sexualidade e narrativas da nação; História, gênero e narrativas da população na Amazônia.

 

Escravidão e mestiçagens: novas perspectivas historiográficas - metodologia e conceitos

Prof. Dr. Eduardo França Paiva (UFMG) - Todas as Manhãs, das 08 às 12 horas, de 18 a 29 de maio (regime concentrado)

Estudo dos temas escravidão e mestiçagens em associação histórica, na Ibero-América, entre o século XVI e o XVIII, com enfoque especial em novas perspectivas historiográficas, discutindo-se corpus conceitual específico (dinâmicas de mestiçagens, mestiçados, mobilidade, trânsito, convivências e co-existências culturais) , metodologia de pesquisa empregada (histórias comparadas e conectadas, lexicologia), diversidade e potencialidade de fontes históricas passíveis de serem exploradas.

 

História, cultura e mídia no mundo contemporâneo

Prof. Dr. Antônio Maurício Dias da Costa - Quarta-feira, de Manhã, das 08 às 12 horas

Mudanças no campo das artes eruditas diante da expansão da cultura de massa no mundo ocidental desde fins do século XIX. Artistas e intelectuais modernistas atuantes no campo de estudos sobre folclore. Debates em torno da definição de Cultura Popular. Mídia, mercado e interações translocais entre agentes culturais.

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia convida a comunidade universitária para participar da Defesa de Dissertação de Mestrado de Victor Hugo do Rosário Modesto, intitulada "'Como se fossem escravos'? Menores de idade pobres tutelados na Amazônia (Brasil, Grão-Pará: 1871 -1900)".

 

Banca Examinadora:

 

Prof. Dr. José Maia Bezerra Neto                                                  (Orientador)

Profa. Dra. Bárbara da Fonseca Palha                                           (Membro/ SEDUC / PA)

Profa. Dra. Magda Maria de Oliveira Ricci                                     (Membro/PPHIST/UFPA)

  

Local: Laboratório de História da Universidade Federal do Pará

Data: 27/02/2020. Hora: 10:00 horas.

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia convida a comunidade universitária para participar da Defesa de Tese de Doutorado de Jéssica Cristina Ribeiro, intitulada "De'Terra da Macumba' a 'Cidade de Deus': as lutas de classificação, o conflito dos estereótipos e a polissemia das representações a acerca da cidade de Codó-MA (1930-2000)".

 

Banca Examinadora:

Prof. Dr. Karl Heinz Arenz                                                      (Orientador – PPHIST / UFPA)

Prof. Dr. Josenildo de Jesus Pereira                                       (Membro / UFAM)

Prof. Dr. Dionisio Lázaro Poey Baró                                       (Membro / FAHIS / UFPA)

Profa. Dra. Rosa Elizabeth Acevedo Marin                           (Membro / FAU / UFPA)

Prof. Dr. Aldrin Moura de Figueiredo                                     (Membro / PPHIST/UFPA)

                                   

Local: Laboratório de História da Universidade Federal do Pará      

Data: 28/02/2020. Hora: 15:00 horas.